domingo, 24 de fevereiro de 2013

Indomável Sonhadora - Malu Corrêa


Praticamente todo ano, quando sai a lista dos indicados ao Oscar, tem um filme que você nunca ouviu falar. Às vezes, até mais. Para mim, Indomável Sonhadora foi o tal filme “desconhecido” desse ano.

Na minha opinião, esse foi o filme mais triste dos indicados. Tenho uma paixão por filmes que conseguem, com toda sua simplicidade, transmitir mensagens que te deixam pensando sobre a vida. A história da pequena Hushpuppy tem o agravante de te deixar com água nos olhos.

Nas margens de um rio no sul norte-americano, Hushpuppy vive em condições miseráveis numa pequena comunidade esquecida pelo mundo. Sem mãe e com um pai doente, Hushpuppy , aos 6 anos, vai construindo sua visão do mundo baseada em suas percepções da natureza. Ao tentar resolver os problemas causados pelas chuvas e inundações, a comunidade tenta explodir a barreira prendendo a água na região. Porém, a tentativa só agrava a situação, chamando a atenção do governo.

O que cativa no filme é o choque com a realidade que a pequena menina enfrenta, e como ela acaba aceitando o mundo como ele é; ciente da sua insignificância no universo mas certa de que é um pedaço fundamental dele (“I see that I am a little piece of a big, big universe, and that makes it right.”). A atriz Quvenzhané Wallis dá vida a personagem de forma belíssima, e merece ser a atriz mais nova a ser indicada ao Oscar.

Filmes como este normalmente não são os vencedores do grande Oscar, embora muitas vezes mereçam ser; festivais e premiações independentes e internacionais dão mais valor a produções como essa. De qualquer forma, é um filme emocionante e imperdível. Bem mais do que outros indicados, diga-se de passagem…


Nenhum comentário:

informações

imagemdospovos@imagemdospovos.com.br

Povos do Imagem