terça-feira, 26 de maio de 2009

V Seminário Internacional Audiovisual IMAGEM DOS POVOS

Vem ai o V Seminário Internacional Audiovisual Imagem dos Povos.
O tema deste ano são os fundos franceses de apoio disponíveis para o Brasil. Os principias fundos estarão aqui em Minas para expor seus mecanismos e possibilidades de financiamento.Se você tem um filme ou roteiro e esta buscando apoio participe do Seminário.
As vagas são limitadas . Serão selecionados 40 participantes para cada sessão Acontecerá de 15 a 17 de julho em Belo Horizonte no Centro de Cultura da PBH. As inscrições estarão abertas do dia 10 ao dia 27 de junho .


V Seminário Internacional Audiovisual Imagem dos Povos
15 a 17 de julho de 2009
Local: Centro de Cultura Belo Horizonte / Prefeitura de Belo Horizonte
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Programação do Evento

O Seminário Internacional apresentará os principais mecanismos de apoio à produção, distribuição e exibição de filmes disponíveis na França para países do sul. Ele terá o formato combinado de painéis de apresentação e ateliês para formatação de projetos, organizados em 6 módulos temáticos e ministrados por representantes dos fundos franceses convidados.

Público alvo

Profissionais do setor do audiovisual, diretores e produtores de cinema e televisão interessados no acesso aos recursos destes fundos e nos mecanismos de co produção. Serão selecionados 40 participantes por sessão e o Seminário terá transmissão digital para um público estimado de 600 profissionais (100 inscritos por sessão ) e disponibilizado para acesso no site do Imagem dos Povos.


15 de julho


► 08 horas - credenciamento e café
► 09 horas - Abertura
Ministério das Relações Exteriores ; Bndes ; Secretaria de Estado da Cultura ; Fundação Municipal de Cultura da PBH e Embaixada da França no Brasil

► 10 horas às 13 horas
Sessão 1 - Políticas de Co produção da França

Exposição sobre as políticas de co-produção da França e fundos de apoio à produção.

- Palestrante: Julien Ezanno - Chefe do departamento de acordos bilaterais do CNC (Centre National de la Cinematographie).


► 15 horas às 19 horas
Sessão 2 - Acordo de co-produção Franco brasileiro

O acordo de co-produção franco-brasileiro permite a um filme obter a dupla nacionalidade, brasileira e francesa.
Do lado francês o acordo permite: acesso ao fundo de apoio automático destinado ao produtor (percentual em função do número de pontos obtidos na grade da tabela financeira); acesso ao fundo de apoio destinado ao distribuidor; acesso às quotas de difusão das emissoras de televisão européias, ou seja, se um filme brasileiro figura no acordo de co-produção, o conjunto dos pontos brasileiros se tornam europeus;
E do lado brasileiro permite: acesso às leis de incentivo fiscal (lei do audiovisual e lei Rouanet); acesso às quotas de filmes brasileiros no circuito comercial nacional.

-Palestrantes: - Julien Ezanno - Chefe do departamento de acordos bilaterais do CNC (Centre National de la Cinematographie).
- Alberto Flaksman - Assessor Internacional da ANCINE - Agência Nacional do Cinema.

-Apresentação: Representante do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores

16 de julho

►09 horas às 13 horas
Sessão 3 - Apresentação do Atelier de Formação à co produção “Produire au Sud” do Festival Os 3 Continents

Criado em 2000 o atelier “Produire au Sud” pretende apresentar aos realizadores algumas ferramentas para a realização de co produções, incluindo aspectos jurídicos, financeiros e comerciais, objetivando o desenvolvimento do setor audiovisual, estabelecendo um maior contato entre os que fazem o cinema no Brasil e os mecanismos franceses de fomento ao cinema.

- Palestrantes: Gualberto Ferrari – Especialista em roteiros do Festival os 3 Continentes – Produire au Sud.

-Apresentação: Sylvie Debs –Adida de Cooperação e Ação Cultural da Embaixada da França

► 15 horas às 19 horas
Sessão 4 – Oficina de análise de roteiros
Os roteiros pré-selecionados pelo ministrante serão analisados e se beneficiarão de sugestões no sentido de adequá-los ao formato de apresentação exigido para seleção de projetos.

Ministrante: Gualberto Ferrari – Especialista em roteiros do Festival os 3 Continentes – Produire au Sud.


17 de julho

► 09 horas às 13 horas
Sessão 5 - Fundos Sul do CNC (Centre National de la Cinematographie)
Exposição sobre fundo criado em 1984 e financiado pelo Ministério da Cultura e da Comunicação (Centro Nacional da Cinematografia /CNC) e o Ministério das Relações Exteriores e voltado ao desenvolvimento da produção cinematográfica de países em desenvolvimento:
África, Haiti, Caribe, países banhados pelo Oceano Índico, América Latina, Ásia, Oriente Médio, Europa Central e Oriental. Desde a sua criação já financiou a realização de 340 longas metragens, contemplados nas seguintes modalidades: roteiro; produção; finalização.

- Palestrante: - Jean-Pierre Garcia - Diretor do Festival Internacional do Film d'Amiens e Coordenador do Fundo de desenvolvimento de Amiens.

- Apresentação: Sylvie Debs –Adida de Cooperação e Ação Cultural da Embaixada da França.


► 15 horas às 19 horas
Sessão 6 - Apresentação do Fundo de Ajuda ao Desenvolvimento de Roteiros do Festival Internacional do Filme de Amiens

O Fundo de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiro do Festival Internacional do filme de Amiens pretende colaborar no aprimoramento dos projetos de roteiros de longa-metragem selecionados, assim como na capacitação dos realizadores brasileiros na defesa de seus projetos.
Criado em 1996, o Fundo já apoiou 47 projetos de longa- metragem com recursos financeiros também com consultoria para aprimoramento dos roteiros selecionados.

-Palestrante: Jean-Pierre Garcia - Diretor do Festival Internacional do Film d'Amiens e Coordenador do Fundo de desenvolvimento de Amiens.

-Apresentação: Sylvie Debs –Adida de Cooperação e Ação Cultural da Embaixada da França.

Um comentário:

Ligia disse...

como faço para me inscrever? qual o endereço?

informações

imagemdospovos@imagemdospovos.com.br

Povos do Imagem